quarta-feira, 25 de maio de 2011

O que importa

Acho que o mundo precisa de mais pessoas bailarina. As coisas andam feias demais. Falta gentileza, sobra pressa, rancor e cara feia. Fico impressionada com a quantidade de gente que mal dá bom dia. Pessoas que não olham nos olhos, esbarram em você na rua e nem pedem desculpa, tratam garçons e motoristas com ar superior, se sentem melhores que os outros. Na verdade, se achar o máximo é brega e ridículo.

Um sobrenome não é nada. Uma conta recheada não é nada. Um rosto e corpo bonitos são apenas um rosto e corpo bonitos. A gente envelhece. E ninguém é melhor por ser mais belo ou não. Muitas jóias espalhadas pelos pulsos, pescoço e orelhas também não querem dizer absolutamente nada

Longe de mim querer dar lição de moral. Só acho que as pessoas deveriam se preocupar mais com as coisas de dentro. O que tá fora, meu amigo, é completamente perecível.
Do blog http://ichliebechic.blogspot.com

3 comentários:

Shirley Stamou - Garotas Modernas disse...

Muito verdadeiro o seu post, querida.
Enfeites, joias, e dinheiro são bacanas pra darem conforto mas a única coisa que a gente leva dessa vida são as experiências, amor, amigos... só o que cabe no coração.
beijos,

Ana Corina disse...

Acho que no fim das contas, só fica verdadeiramente por fora, com mais ou menos penduricalhos, quem já é bonito por dentro. Porque não são os adereços que falam, são nossos olhos, gestos e atitude. A pessoa pode ser a mais perua, só usar roupas de grife e ainda ser de uma educação, humildade e gentileza que muito metido a bicho grilo contra o sistema ;o]

E vice-versa, claro!

Beijocas, amadica!

Yara disse...

Oi Mari. É isso aí mesmo. Ser chik é ter educação. Ultimamente estou exercitando os meus ''bom dias'', chego ate treinar na frente do espelho, e olha que to ficando boa nesse negócio. Faço questão de sair do elevador e dizer ''tenham todos um bom dia'' tipo apresentadora de telejornal. O efeito desses pequenos gestos faz com que agente se torne mais humanos, troque o chip do automático e perceba que estamos rodeados de pessoas fynas, elegantes e sinceras (ou quase).
Adoro os temas de seu blog.
Beijo
Yara