sábado, 14 de maio de 2011

Aprendi

"Com o tempo... Você compreende que só quem é capaz de lhe amar com os seus defeitos, sem pretender mudar-lhe, é que pode lhe dar toda a felicidade que deseja...

Com o tempo... Você se dará conta de que se você está ao lado de uma pessoa só para não ficar sozinho(a), com certeza uma hora vai desejar não voltar a vê-la..

Com o tempo... Você se dará conta de que ter amigos vale mais do que qualquer montante em dinheiro...
...E entenderá que os verdadeiros amigos se contam nos dedos

Com o tempo... Você aprende que palavras ditas num momento de raiva podem continuar magoando uma pessoa durante toda a vida...

Com o tempo... Você aprende que desculpar todos o fazem, mas perdoar, somente as almas grandes conseguem...

Com o tempo... Você compreende que se você feriu muito alguém, provavelmente esta pessoa jamais verá você com os mesmos olhos...

Com o tempo... Você se dá conta de que cada experiência vivida com cada pessoa é insubstituível e única...

Com o tempo... Você se dá conta de que aquele que humilha ou despreza um ser humano, mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos, só que multiplicados...

Com o tempo... Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje, porque o terreno do amanhã é demasiado incerto para fazer planos...

Com o tempo... Você compreende que apressar as coisas ou forçá-las para que aconteçam, fará com que no final não sejam como você esperava...

Com o tempo... Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o futuro, mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...

Por isso, recorde sempre estas palavras: O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde, exatamente quando já não há tempo.”

(Autor desconhecido)
 
IMG_1252
Jet e um casal de velhinhos "sábios" - Carmel / Califórnia

3 comentários:

Carol Aquino disse...

Que texto maravilhoso Mari, são muitas verdades sobre as quais precisamos refletir.
Ah!! E achei o Jet muito fofo na foto =D
Bjs

www.coisasdemulher.net

Kika Ribeiro disse...

Adorei o texto.
Pena que nem sempre usamos todos esses ensinamentos no nosso dia a dia, e infelizmente magoamos, nos iludimos, não perdoamos e exigimos demais das pessoas.

Que bom que a vida sempre nos impulsiona à reflexão e assim começamos novos ciclos...
Um eterno aprendizado.

beijos,

kika

Kika Ribeiro disse...

Ahhh...esqueci de falar:

O Jet é um "serumano"! hahaha
Coisa puuura, gente!
Lindo!